Fatos sobre Hippos

HIPPO INFO

Habitat, Alimentação, distribuição, anatomia, evolução, reprodução e toda a informação acerca de hipopótamos.

ESPÉCIES DE HIPPOS

Sobrevivem apenas apenas duas espécies da familia hippopotamidae, o hipopótamo comum e o hipopótamos pigmeu.

HUMANOS & HIPPOS

O hipopótamo pigmeu é considerado vulnerável enquanto que o hipopótamo pigmeu está em perigo, segundo o IUCN.

Anatomía del hipopótamo común.

O hipopótamos é um animal com um aspecto tão único quanto interessante. Os hipos têm corpo enorme que se parece um barril, mas com uma boca gigante e dentes enormes. De certa forma, parece estranho que pernas tão pequenas e atarracadas consigam transportar uma criaturam tão grande, as parece funcionar bem para os hipopótamos.

O macho hipopótamos é bastante maior que as femeas. Além do sexo, o tamanho dos hipos depende também da sua localização. Eles podem pesar entre 1.5 e 3 toneladas e por isso são extremamente pesados de qualquer das formas.

Os hippos conseguem ser extremamente agressivos, e por isso talvez seja boa ideia manterem uma certa distancia. Outros animais já sabem que este é um animal que não queremos ver irritado. Os humanos precisam de ter isso em consideração, especialmente quando os hippos estão no seu habitat natural.

Pode não ser óbvio para toda a gente, mas o hipopótamos é considerado um dos animais mais agressivos do mundo. Dado que é o terceiro maior mamifero do mundo (atrás dos elefantes e das baleias) podem imaginar porque são tão temidos. Têm a força e o temperamento necessários para os deixarmos em paz.

Uma das coisas mais interessantes é que os hipopótamos são extremamente territoriais na água, e no entanto quando à noite vão para terra procurar por comida não têm problemas em partilhar o espaço com outros hipos.

Hoje em dia há apenas duas espécies de hipopótamos que sobrevivem, o hipopótamo comum e o hipopótamo pigmeu. Praticamento todos eles vivem em estado selvagem em África. Dada a rara natureza destes animais, e a atração que nós sentimos por eles, são muitas vezes uma das principais atrações dos zoos um pouco por todo o mundo.

Os hippos necessitam de muito espaço pois são o segundo maior animal terrestre do mundo, apenas os elefantes são maiores. Assim, quando são colocados em zoos necessitam de bastante espaço, até porque têm de ter água para nadar e terra para caminhar. É um animal bastante caro para se manter em cativeiro.

O hipopótamo é considerado um animal semi-aquatico devido ao elevado tempo que passam dentro de água. No seu habitat natural, a água ajuda-os a arrefecer do calor da savana africana e também a poupar energia. Estes usam uma grande quantidade de energia a movimentar-se em terra, o que ajuda a explicar porque têm tão altas necessidades de alimentação – chegam a precisar de comer cerca de 70 kg de erva todas as noites.

Sob as condições certas um hipopótamos pode viver entre 45 a 50 anos. No entanto, estes estão em risco no seu ambiente natural pois são mortos tanto pela sua carne como pelo marfim de seus dentes. Por outro lado,  os hippos vêem também o seu ambiente natural ameaçado e quando isso acontece os hippos normalemente lutam entre si pelo habitat restante e os perdedores morrem.